Graxas NGLI

Graxas NGLI

MORLUB-NLGI-1 / NLGI-2 / NLGI-3 / NLGI4

EMBALAGENS

20L | 100L | 200L

Informações Técnicas

• Sistemas Centralizados de Lubrificação;
• Montagens de Componentes Metálicos;
• Entre outros usos, onde se requer lubrificação de forma eficiente, porém mais liquefeita;
• Lubrificações médias;
• Aplicação simultânea de lubrificante em todos os pontos de uma máquina, nas quantidades, pressões e frequências corretas, a partir de um reservatório central, podendo ser um sistema automático ou manual;
• Montagens de componentes metálicos.

• Linha Automotiva;
• Equipamentos Agrícolas;
• Equipamentos Industriais;
• Indústria Naval;
• É utilizada para lubrificar rolamentos;
• Montagens de peças macho e fêmea;
• Própria para mancais, pinos, êmbolos, molas, corpos de válvulas, cubos de rodas em serviço moderado a severo, chassis em serviços, conjuntos móveis hidráulicos, pneumáticos, motores a combustão, guindastes e conjuntos de transmissão de força.

• Linha Automotiva;
• Equipamentos Agrícolas;
• Equipamentos Industriais;
• Indústria Naval;
• Com ampla faixa de aplicação;
• É utilizada para lubrificar rolamentos selados;
• Rolamentos de montagem na posição vertical;
• Rolamentos de esferas;
• Rolamentos de alta velocidade;
• Montagens de peças macho e fêmea, própria para mancais de giro contínuo em esteiras, roletes;
• Juntas rotativas em processos de temperatura acima do ambiente,
• Ventiladores de fornos;
• Indicado para lubrificar peças que possuem atrito com carga de peso médio a severo;
• Conjuntos móveis hidráulicos, pneumáticos motores elétricos;
• Guindastes leves a pesados;
• Conjuntos de transmissão de força média a severa.

• Linha Automotiva;
• Equipamentos Agrícolas e Industriais;
• Indústria naval;
• Com ampla faixa de aplicação;
• Rolamentos selados com vedação insuficiente;
• Rolamentos de montagem de grande rotação, atrito e velocidade;
• Rolamentos de esferas especiais;
• Rolamentos de alta velocidade sujeitos a contaminação por outros Lubrificantes;
• Montagens de peças macho e fêmea de alto atrito e carga;
• Peças que possuem carga de peso e atrito severo.
• Conjuntos móveis hidráulicos de grande porte e força;
• Sistemas robustos pneumáticos;
• Motores elétricos de grande porte;
• Partes móveis de guindastes médios a pesados;
• Conjuntos de transmissão de força e atrito severo;
• Placas hidráulicas de máquinas/tornos onde a possibilidade de vedação não ocorre com perfeição, ou se deseja lubrificar manualmente com frequência estabelecida pelo fabricante do equipamento.

Preencha os dados abaixo para ter acesso aos Boletins Técnicos e FISPQs